Arrancou esta quarta-feira, dia 20 de junho, em Badajoz, o primeiro Programa Transfronteiriço de Aceleração.

Neste encontro estiveram presentes os promotores das ideias selecionados, mentores e representantes dos parceiros portugueses e espanhóis do projeto de cooperação transfronteiriça EUROACE_LERA.

Um dos projetos apresentados nesta sessão está incubado na BioBIP em Portalegre. Neuro M de Liliana Gonçalves foi dado a conhecer a todos os presentes, num evento que terminou com um workshop sobre competências empreendedoras para os participantes no programa de aceleração e de softskills para a rede transfronteiriça de mentores.

Recorde-se que o Programa Transfronteiriço de Aceleração permite aos promotores usufruir de um acompanhamento durante cinco meses com formação especializada, tutoria, apoio de uma rede de mentores e orientadores e formação para acesso ao financiamento.

Este é um programa inserido no projeto de cooperação transfronteiriça EUROACE_LERA e que conta com parceiros portugueses e espanhóis, entre os quais, o Instituto Politécnico de Portalegre, representado no encontro de ontem por Pedro Ranheta, técnico do Gabinete de Empreendedorismo e Emprego do Politécnico.