Foi aprovado, pela Comissão Diretiva do Programa Operacional do Alentejo 2020, o financiamento para a expansão da BioBIP.

A operação enquadra-se no Sistema Regional de Transferência de Tecnologia do Alentejo, surgindo esta decisão na sequência de uma candidatura efetuada pelo Politécnico de Portalegre, a 12 de novembro de 2018, à qual foi atribuída uma pontuação final de mérito de 4,8 (numa escala de 0 a 5).

A concretização do alargamento do espaço existente irá permitir um maior enfoque na inovação e desenvolvimento de competências dos sistemas regionais e sectoriais, com a promoção de serviços de suporte ao tecido empresarial, potenciando a ligação dos recursos disponíveis no Politécnico de Portalegre com a envolvente.

A BioBIP Energia e o novo Centro de Experimentação e Prototipagem, Animação e Multimédia são os principais eixos estratégicos deste projeto, em linha com o Centro de Investigação para a Valorização de Produtos Endógenos (VALORIZA) e a par dos novos espaços para incubação de projetos empresariais disponíveis na BioBIP IN – Incubadora de Ideias e Negócios.

A incubadora do Politécnico de Portalegre verá as suas condições otimizadas, proporcionando a empresas, professores e alunos do Politécnico um ambiente excecional para o desenvolvimento de projetos e competências.

O novo edifício terá cerca de 1.500 m2 e o arranque da obra está prevista para o início de 2020. O projeto tem um valor de 3,3 milhões de euros, comparticipado em 85% por fundos comunitários, cabendo os restantes 15% a comparticipação nacional.