Integrada nas Jornadas Alentejo Circular, realizou-se a 5ª Sessão de sensibilização e 3ª jornada de reflexão do projeto Alentejo Circular, na qual foram partilhadas experiências e boas práticas de economia circular nas três fileiras do projeto: suinicultura, azeite e vinho. A sessão decorreu ontem, nas instalações da Escola Superior Agrária de Elvas.

O projeto Alentejo Circular, iniciativa cofinanciada pelo Alentejo 2020, tem como promotores o ISQ e a Universidade de Évora, e visa sensibilizar, informar e partilhar boas práticas de economia circular junto dos agentes económicos da Região Alentejo, com particular incidência das fileiras do vinho, azeite e suinicultura.

A sessão de abertura contou com a presença do Vice-Presidente do Instituto Politécnico de Portalegre, Prof. Luís Loures, do Diretor da Escola Superior Agrária de Elvas, Prof. José Manuel Rato Nunes e da representante do projeto Alentejo Circular, Engª Cristina Ascenço do ISQ-Instituto de Soldadura e Qualidade. O Prof. Vasco Fitas da Universidade de Évora, responsável científico do projeto, teve oportunidade de proceder à sua apresentação dando conta das conclusões já obtidas e dos trabalhos ainda a desenvolver.

Seguiu-se a intervenção do Prof. Artur Romão, Pró-Presidente para o Empreendedorismo e Emprego ​do IPPortalegre e responsável pela BioBIP-Bioenergy and ​Business Incubator of Portalegre que, em conjunto com a investigadora Roberta Panízio, ​deu uma ideia das potencialidades da unidade incubadora de projetos e do ​centro de bioenergia.

O painel de final da tarde, moderado pelo Prof. Luís Alcino, da ESAE, ​contou com a participação de agricultores e empresários da região e discutiu o problema da Economia Circular na agricultura, principalmente nas três áreas ​em estudo. A conversa, muito animada, contou com  Pedro Assude, da Delta Cafés, Michel Rumiz, da Courela do Zambujeiro, Mirjam Buil, uma produtora de leite da região, João Bastos um representante da Associação de Produtores de Suínos, Nuno Henriques, da Associação de Criadores de Bovinos Mertolengo e José Manuel Mendes, um empresário representante de uma marca conhecida de tratores.