A ideia de negócio da equipa vencedora do Politécnico de Portalegre na fase regional do Poliempreende foi distinguida com uma menção honrosa no concurso nacional.

 A Zoowish é uma inovadora plataforma de serviços para animais, que tem como objetivo promover o bem-estar e conforto dos animais de companhia, unindo uma comunidade que gosta de animais.

Depois de vencer a componente regional da 13ª edição do concurso Poliempreende, a ideia de negócio de Francisco da Mata e Marta de Sousa, do curso de Enfermagem Veterinária da Escola Superior Agrária de Elvas, concorreu a nível nacional, tendo sido avaliada por um júri composto por representantes do Santander Totta, Delta Cafés, AICEP, Gastão Cunha Ferreira, Lda., Ordem dos Contabilistas Certificados, e pelo Instituto Politécnico de Setúbal, dinamizador da edição deste ano.

O projeto Zoowish venceu o concurso regional, no passado dia 8 de julho, no qual estiveram 11 projeto a concurso. A concorrer à fase nacional estiveram 19 equipas de diversos Politécnicos do país.

A 13.ª edição do Poliempreende distinguiu outros seis projetos de diversos Politécnicos do País, com as seguintes classificações:

1º Lugar: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, com o projeto “Catéter Venoso Periférico com reconhecimento de tempo de permanência”.
2º Lugar: Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, com o projeto Be-Cone, primeiro prova-se, depois aprova-se.

3º Lugar: Instituto Politécnico de Leiria, com o projeto Sound ParticlesTM.

As menções honrosas distinguiram o Instituto Politécnico de Portalegre com o projeto “ZooWish” e o Instituto Politécnico de Viseu, com o projeto “Cynatura”.

O Poliempreende é uma iniciativa que visa avaliar e premiar projetos desenvolvidos e apresentados por alunos e diplomados das instituições politécnicas, admitindo-se a participação de docentes ou de outras pessoas, desde que integrem equipas constituídas por estudantes e/ou diplomados. Em 2018 a coordenação do concurso vai estar a cargo do Instituto Politécnico de Portalegre.